domingo, 14 de maio de 2017

Cadê você?

Lembro como se fosse ontem: essa foto foi tirada em seu primeiro dia aqui em casa, após um banho!
Você foi abandonada próximo a Ecil e, miava pedindo ajuda. Estava passando tanta gente e parecia que ninguém te ouvia! Mas eu sei o porque: EU tinha que te ouvir. E de fato, comecei a ouvir e pensava que estava ouvindo demais. Você estava toda sujinha, provavelmente porque estava muito assustada. Peguei você no colo mesmo assim e chamei um táxi pra me levar embora, você não podia ficar ali e eu já sabia que seria minha. Te trouxe embora e te deixei com mais dois amiguinhos, quando saísse da escola cuidaria de você. Isso realmente aconteceu, te dei um banho de 1 hora kkkk porque estava tão sujinha que não era qualquer jatinho de água que tirava não! Ô bichinha carinhosa, acho que era gratidão todo o seu carinho, e até hoje é!
Sempre muito apegada a mim, no primeiro chamado já aparecia e, esse é um dos motivos pelos quais está fazendo tanta falta. Você nunca ficou fora de casa, a não ser no dia da sua castração. A diferença é que eu sabia exatamente onde estava. Mas e hoje? Hoje eu não faço ideia de onde esteja.
Não quero imaginar que alguém possa ter te feito mal, eu quero muito acreditar que você está perdida e que vou te encontrar, amanhã se possível! Filha felina, volta pra casa me fazer companhia quando eu estiver sozinha?

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Aquela família

Dia desses estava em uma lanchonete da cidade e, chegou uma família de quatro pessoas. Uma família bem simples. Pelas poucas palavras que consegui ouvir, conversavam a respeito de uma bolsa que um dos filhos precisava comprar para ir à escola e, consegui também perceber que a situação estava apertada financeiramente.  A família era formada por pais novos, se não da mesma idade que eu, um ano ou dois mais velhos. O que realmente me prendeu a atenção foi o respeito que percebia entre todos que estavam ali, naquela mesa. A forma como se comunicavam fez com que eu não prestasse atenção em mais nada. Naquele momento pensava: "será que foi/está sendo difícil para esses pais, manter sua família?". Observando mais um pouco, conclui que não. Muito pelo contrário: eram todos novos e, com certeza cada um aprendia a cada dia com o outro. Pode ser que nem sempre as situações pelas quais passaram, eram fáceis. Pode ser que nem tudo na vida daquela família eram flores, mas somente pela forma como eles se tratavam percebi que as dificuldades eram superadas de uma forma bem tranquila, por conta daquela união que se percebia entre eles.
A mãe, com o dinheiro contado na carteira, comprou a mochila para o filho. O pai, também com o dinheiro contado na carteira, pagou o que eles haviam consumido e, o filho mais novo não reclamou de não ter ganho nada assim como seu irmão ganhou a bolsa. E assim, saíram da lanchonete, conversando sobre o dia de amanhã, sobre a mochila nova do menino e sobre o que ainda viria a acontecer.
A cena não me saia da cabeça, mesmo após alguns meses do ocorrido. Mas sempre que pensava em escrever algo, pensava nesse episódio. Simplesmente pelo sentimento bom que conseguiram me passar. Não sei te dizer se é gratidão, ou simplesmente, paz. <3


sexta-feira, 22 de abril de 2016

Receita simples & rápida

Oi gatinhos e gatinhas, tudo bem?

Estou bem animada com meu novo estilo de vida: estou me tornando uma pessoa mais saudável! E pra isso, adotei alguns hábitos que antes, jamais seguiria. Exatamente por estar tão animada, resolvi postar pra vocês algumas dicas de como se alimentar bem, de forma fácil e deliciosa!
O primeiro post, é uma receita muito simples, mesmo! Possivelmente, vocês já saibam como fazer e, até possam me dar dicas! (risos)
Escolhi essa receitinha, por conta dos ingredientes dela, que não atrapalharia minha dieta - o que por sinal, é ótimo.


Vamos à ela então:

Ingredientes:
  • 2 ovos
  • ¹/² cebola picada
  • ¹/² tomate picado
  • azeitona
  • bacon picado
  • 1 colher de sopa de leite
  • cheiro verde
  • sal à gosto - no meu caso, não usei rs
  • pimenta do reino - opcional

Modo de preparo:

Primeiramente, bata os ovos até a clara e a gema se tornarem uma mistura homogênea. Depois, acrescente os demais ingredientes, misture-os e vamos para o fogão: em uma frigideira antiiaderente - ou se for uma pessoa mais preparada, em uma omeleteira - coloque a massa, espere ganhar consistência e vire-a, repetindo o procedimento. Após isso, é só servir e comer! (uhul)
Obs.: se sua frigideira não for anti-aderente, pode optar por usar um pouco de margarina para untar.
Gente, percebam que a quantidade de bacon e de azeitona - por conta de suas várias calorias, devem ser mínimas caso vocês queiram algo que não atrapalhem a sua dieta. Mas se seu problema não é esse, então tacale pau Marco véio.

Muito simples, não é mesmo? 20 minutos e seu omelete estará pronto!

~ Meu prato estava composto da seguinte forma: 

Omelete, lentilha (<3), pepino, tomate e cenoura!


Pra vocês verem que pra ser saudável, não precisa comer somente folhas rs dá pra ser feliz assim, e muito por sinal!

Espero que vocês tenham gostado do post, e por aí vem mais, logo logo <3

Um beijo!!