domingo, 20 de julho de 2014

Dia do Amigo

"Dia do amigo?"

Pra quem não sabe, o dia do amigo tem uma história.
Surgiu através de um dentista argentino chamado Enrique Ernesto Febbraro, que acreditava que, após a chegada do homem à lua, o mundo não teria mais barreiras/fronteiras, não existiria mais nada que impedisse a relação entre nações. Preconceito, ideologia, raça e crença não seriam empecilhos para que se fosse estabelecida uma boa relação entre povos.
Nessa mesma data, Enrique promoveu uma festa dedicada aos seus amigos e a festa foi tão bem vista que outras pessoas passaram a adotar, o que permitiu a difusão da ideia por todo o mundo.
Enrique foi homenageado, recebendo duas indicações para o Prêmio Nobel da Paz!
Legal termos uma data para dizermos às pessoas que não são da nossa família, o quanto gostamos delas, não é mesmo?
Se bem que, não precisamos esperar uma data pra dizermos coisas boas para as pessoas que estão ao nosso redor. Podemos fazer isso todos os dias :D

E agora, que curso escolher?

E agora, que curso escolher? :o

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Vim falar sobre uma dúvida cruel que vem me corroendo nesses últimos dias: que faculdade fazer.
Sim, eu já falei em outro post que estou mais sossegada de uns tempos pra cá em relação à escola e tudo mais, e estou mesmo, mas de qualquer forma, preciso escolher um curso né?
Até uns meses, eu tinha certeza do que queria: cursar Direito. Mas andei me interessando por outras coisas e agora já não sei mais o que fazer. 
Minhas dúvidas são: Direito, Publicidade e Propaganda, Arquitetura e Turismo.
Eu gosto de todas essas coisas, só que tenho medo de ingressar em um curso e não ser aquilo que imaginei. Na verdade, meu medo é de perder tempo sabe? 
Quero ter certeza do que vou fazer, pra não me arrepender depois... E sim, eu já fiz vários testes vocacionais, mas estão me deixando mais confusa ainda haha
Vejo um pouco de mim em cada um desses cursos, me identifico muito, mas do que adianta me identificar com todos os cursos e não conseguir escolher nenhum? Nada! Haha
Me vejo perdida e faltam poucos meses, preciso me decidir!
Acho que fico perdida assim porque não quero trabalhar com uma coisa visando o dinheiro apenas, quero fazer algo que me deixe feliz, quero unir o útil ao agradável. O que nós mais vemos, são pessoas descontentes com sua profissão, fazendo aquilo por grana, sem uma motivação, e a impressão que tenho é que tem uma sombra pairando sobre a vida delas. Ah sei lá, na verdade eu não sei explicar exatamente a impressão que tenho, só sei que não quero pensar só no dinheiro!
Sei que vou conseguir decidir a tempo, creio nisso \o/

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Fazenda Angolana

Fazenda Angolana

Nesse domingo (13), passei o dia com a família do meu namorado e com ele, é claro haha fomos na chácara do avô dele em Ibiúna e em seguida fomos almoçar na Fazenda Angolana, que fica em São Roque!
Apesar de eu não ter dormido quase nada, valeu a pena, a comida de lá é fantástica! :D
A Fazenda conta com o restaurante com fogão a lenha e o restaurante A La Carte, a cafeteria (que é separada do restaurante), o playground, a casa das curiosidades, o canil dos beagles, a loja, a criação de coelhos, entre outros animais e entre outras coisas kkk
Pra vocês entenderem melhor, montei um vídeo e colocarei aqui pra vocês conferirem!! ;)


Mas, como no vídeo faltam algumas coisas, deixarei aqui o link da galeria de fotos do site da fazenda, confiram, acho que vão gostar!!
http://www.fazendaangolana.com.br/#!__galeria/page-2



terça-feira, 8 de julho de 2014

Jogo Brasil x Alemanha

Oi gente!
Que jogo foi esse?! Estou passada até agora haha
Não vim comentar o jogo, até porque não entendo nada, então deixa pra lá! 
Vim mesmo pra mostrar a maquiagem que fiz pro jogo... Não pensem que foi algo muito elaborado, porque não foi kkk como eu já disse algumas vezes, não sei fazer nada assim tão fodástico, se é que me entendem!
O que fiz foi a sombra em verde e amarelo, beem simples mesmo, com a jaquetinha jeans amarela, que acho que combinou bastante... Quis compartilhar com vocês ;D



Não é fácil tirar foto com gatos, haha eles são difíceis!
Espero que tenham gostado, beijos pra vocês!!

História dos meus bichinhos...

 Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Como vocês sabem, eu A-M-O meus bichinhos, então hoje eu resolvi contar pra vocês a história de cada um deles. Vamos lá?
Bom, vou começar pelos dois mais velhos, haha
Eu ganhei eles de um cara que mora aqui perto de casa, conhecido do meu pai. A gata dele tinha dado cria e então ele ofereceu dois pro meu pai, só que quem iria escolher seria eu!
Antes de ir pegar os filhotinhos, fui ao mercado comprar ração e aqueles petiscos, aí sim fui até a casa do homem. Eram 4 gatinhos, e como eu não gosto de ter que escolher "o preferido", peguei os dois primeiros que vi e não fiquei olhando muito para os outros. Eu sempre penso que é ruim ter que separar o animal da mãe e dos irmãos, mas no caso da Ralf e do Paçoca, não foi tão ruim porque vieram os dois. 

Gatinha Ralf
Eu bolacha, com a gatinha Ralf
Paçoca
Paçoca


No 1º dia de aula desse ano (23 de Janeiro), estava subindo a rua da escola com meu amigo e me deparo com uma gatinha branca, peludinha miando muito, toda sujinha, parecia que pedindo socorro, mas os outros alunos passavam e ignoravam, só que eu não consigo fazer isso. Comecei a chamá-la, e ela não correu de mim. Acho que percebeu que eu não faria mal à ela. Mesmo estando suja, eu a peguei no colo. É óbvio que eu não a deixaria ali por causa da sujeira. Fiquei um tempo ali com meu amigo e não sabia ainda o que fazer, mas já estava pensando em trazê-la pra minha casa, mas antes de fazer isso, fui até a escola pedir uma caixa de papelão para a "tia da limpeza". Trouxe ela até minha casa e dei ração e água, ela estava simplesmente faminta. De início fiquei com receio de a deixar junto com a Ralf e o Paçoca, porque com certeza eles iam estranhar, mas acabei deixando e deu tudo certo.
Eu simplesmente não via a hora de sair da escola pra vir cuidar dela e quando cheguei em casa tive que dar um banho nela, mesmo sendo filhotinha, estava muito suja, muito mesmo! Foi amor à primeira vista e hoje tenho orgulho dela, está saudável e uma gostosura!
Ah, e o nome dela é Pérola!


Primeiro dia da Pérola em casa - pós banho

Pérola sendo folgada na minha mesa

Pérola hoje :D

Agora, vou falar da Nina!
Foi uma história muito parecida com a da Pérola... Algum idiota largou a gatinha lá perto da escola. Nesse dia, eu não tinha ido pra aula e quem achou ela foram meus amigos, e um deles me ligou perguntando se eu queria. Eu simplesmente não consegui dizer não, ainda mais sabendo que era filhote. Uma colega nossa trouxe ela até aqui perto de casa, e fiquei esperando ansiosa pra ver a pequeNina! Quando a peguei, estava meio assustada, mas ao chegar em casa, ficou tudo bem!

 Nina estranhando a câmera :3

Nina folgadona no meu colo 

Não, pera! Essa cama era minha haha


Agora, a mais nova de todos aqui em casa, que ainda não tem nome definido kkk
Ela surgiu no meu telhado gente, miando muito também! Eu imagino que ela era do mesmo cara que me deu os dois irmãozinhos, mas ela ficou aqui. Juro que não prendi ela, nem nada! Nos dois primeiros dias ela ficava aqui e ia passear, mas depois voltava, mas agora ela fica aqui o tempo todo, o tempo todo mesmo! Sempre andando atrás de mim...
Quando ela chegou, parecia não comer fazia 1 semana, comia sem parar. Eu colocava ração no pratinho, ela comia e pedia mais, aí eu colocava mais um pouco, ela comia e de novo, pedia mais... É, ela estava procurando comida! haha




Por último vou falar do Shiroi... 
Minha mãe ganhou ele da colega de serviço dela, ele veio pra casa com 2 ou 3 meses acho. De início ele era dela, mas eu me apeguei à ele e agora somos um grude. Pra vocês terem uma ideia, toda vez que eu saio, ele fica chorando porque quer que eu fique com ele. Esses dias mesmo, estava saindo de casa e ele ficou tão invocado por eu ter saído, que ele subiu no muro (tem uma parte que é mais baixa, se olhado de dentro pra fora) e pulou. A minha sorte é que eu estava por perto, e peguei ele, senão ele ia ficar na rua perdido. No fim, tive que levá-lo comigo pra fazer as unhas haha



Ignorem-me haha

Gente, espero que tenham gostado de conhecer a história dos meus pets :D 
Beijos iluminados!!

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Lembranças de infância

Hoje eu resolvi contar pra vocês um pouco das lembranças que tenho da minha infância! 

Lembro de tanta coisa de quando era criança, que se eu fosse listar tudo aqui ficaria até amanhã kkk então decidi escolher 5 coisas!

1ª lembrança:
Todo dia que eu chegava na casa da minha vó (ela cuidava de mim), meu primo Cauê já estava lá deitado no sofá assistindo Draggon Ball Z, e eu, é claro que ia assistir com ele kkk aí de repente ele gritava: "ô vó, faz um pão com ovo pra mim?", e ela ia e fazia pra ele e pra mim! Denomino essa lembrança de "Pão com ovo" haha
Hoje já não tenho mais tanta proximidade com esse meu primo, mas ainda me identifico muito com ele por sermos do mesmo signo e por isso, sermos tão parecidos!

2ª lembrança:
Sou do signo de leão, e pra quem conhece um leonino sabe que é meio difícil de lidar kkk e sou meio "rebelde" desde criança! Só pra vocês terem uma ideia, quando minha mãe ia me buscar na casa da minha vó a tarde, eu nunca queria ir embora, eu queria mesmo era morar com a minha vó, mas não tinha jeito, se eu não queria ir embora, minha mãe me arrastava! Mas não pensem vocês que ficava por isso mesmo, em compensação eu ia chorando (berrando) desde a casa da minha avó até chegar em casa... haha mas quando chegava, minha mãe pegava daquelas varinhas de marmela pra bater em mim, só que eu como era um amor de criança, corria dela e quando ela me alcançava, dava um jeito de pegar a varinha dela e quebrava! Isso me marcou muito, em todos os sentidos haha

3ª lembrança:
Eu sempre paro pra pensar na minha época de infância, e digo: eu mexia na terra e nunca fiquei doente, hoje em dia não se pode fazer mais isso...
Sim, eu mexia na terra gente, mais especificamente, no barro kkk adivinhem o que eu fazia com a terra? haha eu fazia panelinhas, junto com a minha prima! Na verdade quem me apresentou essa brincadeira foi ela... Mas às vezes eu ficava tão chateada porque as panelinhas dela ficavam todas durinhas, já as minhas sempre desmanchavam e não dava pra brincar, era muito frustrante pra mim haha

4ª lembrança:
Eu tinha dois gatos quando criança... Eles chegaram em casa quando eu era bem novinha ainda! Eram eles o Mickey e o Bimbo... Eu amava eles! Eram fofos demais, e obedientes, o que era melhor! O Mickey era todo rajado e o Bimbo era preto e branco, sim, eles eram lindos. Depois que fui para o Japão e fui morar em Sorocaba, era a minha vó quem cuidava deles todos os dias, ela ia em casa e deixava ração e água pra eles. Mas com o tempo eles começaram a ficar doentes e acabaram morrendo, e mesmo pequenininha eu fiquei muito triste e até hoje queria que eles estivessem vivos! Não adianta gente, pra mim, os animais não podem morrer e nem ficar doentes, isso não deveria existir! :(

5ª lembrança:
Com 5 anos, eu fui para o Japão com meus pais... E sempre que me perguntam se eu lembro das coisas, eu digo que sim, porque eu lembro mesmo! As imagens estão claríssimas na minha mente!
No dia que estava indo, lembro da despedida da minha vó, ela acenando pra mim e pra minha mãe no carro... Eu fiquei chorando o tempo todo, não queria mesmo ir...
Foi uma experiência boa na minha vida, mas se fosse hoje, se minha vó ainda estivesse viva, eu não iria pra lá... Eu sempre penso: seria um ano a mais ao lado da minha vó.

É gente, eu realmente lembro de tudo! Tem muito mais coisa, mas não dá pra contar tudo né haha
Mas deixarei algumas fotos aqui pra vocês verem como eu era quando criança!


Eu e meu primo Cauê

Eu e minha mãe - Japão

Meu aniversário de 4 anos na casa da minha tia

Gente, o que é isso?? haha meus dias todos acabavam dessa forma

Eu e meu gato Bimbo

Nesse dia tive que pentear o cabelo, pois meu pai disse que se eu penteasse eu iria pescar *-*

Eu, meu primo Cauê e minha prima Lyandra <3

Eu e minha prima Kelly

Eu, meu primo Cauê, minha prima Kelly e minha tia Roseli

Eu e minha família materna na casa da tia da minha mãe em Ribeirão Claro - PR

Eu e minha prima Lyandra na casa da vó

Eu, minha prima Kelly, prima Lyandra, primo Cauê e tia Ana. O menino de capuz eu não lembro quem é e nem a menina ao lado da minha tia :(

Eu, minha prima Lyandra e minha prima Kelly - o meu aniversário e o da Ly estava sendo comemorado no mesmo dia

Eu e meu primo Leandro no meu aniversário na casa da vó
Gente, espero que tenham gostado de saber um pouco da minha infância!!
Adorei compartilhar com vocês!

domingo, 6 de julho de 2014

Festa da Cerejeira 2014

Oi gente bonita, =)

Como já havia dito à vocês, hoje me caracterizei de Lolita para ir na Festa da Cerejeira! Sim, eu tive coragem de ir até lá, haha
De início me deu muita vergonha, muita vergonha mesmo, porque pensem vocês, se vocês chegam em um lugar vestidos de uma maneira totalmente "nada a ver" para aquele ambiente, acabam se sentindo um peixe fora d'água não é mesmo? Mas ainda bem que logo encontrei meu aquário kkk pois passado um tempo, as pessoas estavam vindo até mim, comentavam que estava muito bonita, que aquilo foi muito criativo e queriam tirar fotos, o que foi bom, deixei a vergonha um pouco de lado e comecei a olhar para as pessoas haha porque até então, eu passava com a minha sombrinha cobrindo meu rosto, e isso era péssimo pois se eu estava toda maquiada e arrumada, era pra mostrar mesmo e não pra ficar me escondendo kkk
Depois de dar uma voltinha por lá, eu, minhas primas e meu amor fomos tirar algumas fotos, e ficaram bem legais, confiram aí:





















Ah, provavelmente vocês devem estar se perguntando: "mas como ela se arrumou?", pois é gente, eu já disse aqui que não ligo muito pra essa coisa de maquiagem justamente por não saber fazer kkk e quem SEMPRE me arruma, é a minha prima, ela tem o salão dela e cá entre nós, ela faz muito bem o trabalho dela né?! haha quem já viu o post em que eu falo das "personagens" que eu incorporei sabe do que estou falando! Fica tudo perfeitinho. E pra quem ainda não viu, está aqui o link:
Eu adorei fazer isso gente haha de verdade, acho que as fotos ficaram legais pra caramba! E vocês, o que acharam? Deixem o comentário de vocês aqui pra eu saber se gostaram :)











Quem são as Lolitas?

Queremos saber: "quem são as Lolitas?"

Oi gente, tudo bem com vocês? Espero que sim!
Então, vocês se lembram que eu havia dito que ia caracterizada para a Festa da Cerejeira? Pois é, vocês já devem ter imaginado do que eu vou vestida kkk isso mesmo, de Lolita.
Calma gente, eu sei que não é todo mundo que sabe quem são as Lolitas, mas fiquem calmos porque eu vou explicar, relax haha
A primeira coisa que tenho a dizer à vocês é que: Lolita é um estilo de moda alternativa de rua do japão, ou seja, as pessoas, mais especificamente as mulheres, escolhem se vestir assim por gostarem mesmo do estilo. Tá, nada está claro ainda né? Mas vamos com calma... O estilo Lolita de ser, é basicamente como os outros tantos estilos que conhecemos pelo fato de que nos expressamos através de tais estilos.
O estilo Lolita surgiu nos anos 80 e é aquele em que as mulheres se vestem como bonecas, como bonecas mesmo! Não pensem vocês que é um trabalho fácil haha muito pelo contrário, as Lolitas tem muito trabalho para que fique tudo perfeito, desde a maquiagem até os acessórios. A maioria das mulheres que decidem aderir à esse estilo, já tinham o sonho de serem bonecas.
Há quem diga que isso é coisa de louco, maaaas, acreditem se quiser, tem gente que anda assim nas ruas, e isso não se restringe somente ao Japão, existem lolitas por todos os lugares, inclusive em São Paulo.
Vocês devem estar pensando: "só existe um tipo de Lolita?"
Não, meus caros! Existem sub-grupos desse estilo. Digamos que, as Lolitas são as bonecas "no geral", e aí temos:
  • Lolita Sweet - como já percebemos no nome, é o estilo em que tudo é mais meiguinho, docinho, fofinho e tal, e as cores mais encontradas de roupas, acessórios e maquiagem são as cores mais claras: rosa, azul bebê e o branco;
  • Lolita gótica - também como diz no nome, é o grupo de lolitas que se vestem com cores mais pesadas, como o preto, azul escuro e cinza;
  • Lolita clássica - é aquele estilo em que nos passa um ar de maturidade e facilmente encontramos nas vestimentas estampas florais, com cores puxadas para o rosa antigo e o creme;

Gente, aconteceu até um Encontro de Lolitas em São Paulo, assistam:


Adorei a ideia de me caracterizar desse estilo, mas não sei se teria coragem de andar por aí assim, tipo o meu dia-a-dia usando vestidos e um monte de maquiagem, acho que não daria certo kkk
Eu vou vestida de Lolita para a festa, mas eu não vou contar pra vocês em qual desses grupos eu me encaixo haha

Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho mais desse estilo, um beijo e tchau :*